1. Conforme o CTB, “trânsito é a utilização das vias para fins de circulação, parada, estacionamento e operação de carga ou descarga por”

A) pessoas, veículos e animais, conduzidos ou não.
B) pessoas e veículos, somente.
C) veículos, somente.
D) pessoas, somente.
E) veículos e animais, somente, conduzidos ou não.

Imagem

2. Em uma avenida da cidade onde reside, um condutor verifica a existência das placas conjugadas abaixo representadas.O condutor deve saber que:

A) caso exista fiscalização eletrônica, deverá haver também, obrigatoriamente, sinalização educativa.
B) os limites de velocidade variam de acordo com os dias e horários indicados nas placas, valendo para qualquer veículo.
C) adiante existe, certamente, fiscalização eletrônica.
D) a redução de velocidade nos dias úteis, conforme indica a placa, é válida apenas para caminhões e ônibus.
E) as velocidades indicadas nas placas são apenas recomendações para os condutores.

Imagem

3. A placa (R-8b) indica que é:

A) proibido mudar de faixa ou pista de trânsito da direita para esquerda.
B) proibido virar à esquerda.
C) proibido retornar à esquerda.
D) proibido ultrapassar da direita para esquerda.
E) proibida a circulação de bicicletas na área ou via sinalizada.

Imagem

4. A placa (A-5a) significa:

A) curva à esquerda.
B) curva acentuada à esquerda.
C) curva em “S” à esquerda.
D) pista sinuosa à esquerda.
E) curva em “S” à esquerda.

Imagem

5. A placa (R-5b) indica que é proibido:

A) realizar conversão à direita.
B) entrar no estacionamento.
C) retornar à esquerda.
D) seguir em frente ou entrar na rua ou área restringida.
E) retornar à direita.

Imagem

6. Considere a figura abaixo. A placa de sinalização regulamenta e informa ao motorista:

A) a velocidade máxima permitida.
B) a altura máxima permitida.
C) a largura máxima permitida.
D) o comprimento total permitido.
E) o peso total permitido por eixo.

Imagem

7. A placa (R-36b) indica que:

A) os pedestres devem transitar pelo lado esquerdo e os ciclistas devem transitar pelo lado direito.
B) é proibido o trânsito de pedestres.
C) é necessário parar para controle alfandegário.
D) os ciclistas devem circular pelo lado esquerdo e os pedestres devem transitar pelo lado direito.
E) os ciclistas devem transitar pelo lado direito.

Imagem

8. A placa (R-38) indica que:

A) é proibido o trânsito de caminhões na área ou via sinalizada.
B) os ônibus e caminhões devem manter-se à direita.
C) é proibido o trânsito de tratores e máquinas de obras na área ou via sinalizada.
D) é proibido o trânsito de motocicletas, motonetas e ciclomotores na área ou via sinalizada.
E) é proibido o trânsito de ônibus na área ou via sinalizada.

Imagem

9. Esta placa indica:

A) a obrigação dos veículos de carga passarem pela balança.
B) a obrigação dos veículos de carga pararem para conferência de documentação.
C) a proibição de circulação de veículos de carga, que deverão sair da estrada.
D) a obrigação de ônibus, caminhões e veículos de grande porte circularem pela faixa à direita.
E) a proibição de ônibus e caminhões de circularem na faixa da esquerda.

Imagem

10. Um condutor, ao visualizar as placas de sinalização educativa ilustradas abaixo, tem a obrigação de saber que elas:

A) devem ser obedecidas apenas na presença dos agentes de trânsito.
B) indicam comportamentos adequados que devem ser adotados apenas nas proximidades das placas.
C) indicam comportamentos adequados que devem ser adotados sempre.
D) apenas indicam comportamentos recomendados, que não necessariamente precisam ser adotados.
E) devem ser obedecidas apenas em situação de emergência.

11. Quanto à sua função, a sinalização vertical compõe-se dos seguintes tipos:

A) educativa, regulamentação e advertência.
B) regulamentação, indicação e orientação de destino.
C) regulamentação, advertência e indicação.
D) indicação, educativa e serviços auxiliares.
E) advertência, serviços auxiliares e indicação.

Imagem

12. Considere a placa de sinalização abaixo.O motorista deve:

A) virar à direita.
B) virar à esquerda.
C) retornar pela direita.
D) passar pela direita.
E) passar pela esquerda.

13. Todo condutor habilitado deve praticar a Direção Defensiva constantemente. O motorista defensivo deve saber que condições adversas são:

A) as particularidades de cada veículo, seus equipamentos e acessórios.
B) as reciclagens que todo condutor deve fazer periodicamente para aumentar sua habilidade ao dirigir.
C) os itens do veículo que interferem diretamente na segurança, como os freios, a direção e a suspensão.
D) os fatores ou combinações de fatores que contribuem para aumentar as situações de risco no trânsito, comprometendo a segurança.
E) os procedimentos de segurança que o motorista defensivo deve adotar para contribuir com o fluxo de veículos em uma via.

14. O ônibus à sua frente parou no ponto e, então, você decide ultrapassá-lo. Nesse caso, o procedimento mais adequado é:

A) sinalizar e ultrapassá-lo rapidamente.
B) sinalizar, ultrapassar devagar, verificando se o coletivo não está sinalizando saída e observando se não há pedestres atravessando a rua à frente do coletivo.
C) buzinar, avisando a manobra de ultrapassagem.
D) ultrapassá-lo o mais rápido possível, antes que os passageiros desçam e efetuem a travessia.
E) parar atrás do ônibus, esperar que ele reinicie o movimento e, então, efetuar a ultrapassagem pela direita.

15. É correto afirmar que o ciclista seguro e defensivo, quando adulto, deve:

A) respeitar o Código de Trânsito Brasileiro e, consequentemente, a sinalização das vias.
B) circular somente nos parques e praças.
C) circular somente em locais onde não haja tráfego de automóveis.
D) circular observando somente as regras impostas aos pedestres.
E) circular somente onde não haja fluxo de pedestres.

16. Sandoval, motorista defensivo, está trafegando à noite por uma pista de sentido duplo de direção, sob uma forte chuva. Na pista há acúmulo de água no asfalto, formando grandes poças d’água. Nessas condições adversas, dirigir um veículo requer muito cuidado e perícia. Neste caso, para evitar o efeito da aquaplanagem, Sandoval deverá:

A) aumentar a velocidade do veículo e manter-se à esquerda da via.
B) diminuir a velocidade do veículo e manter-se à direita da via.
C) aumentar a velocidade e trafegar sobre a faixa divisória da pista.
D) aumentar a velocidade e pisar no freio de vez em quando, mantendo-se à esquerda da via.
E) diminuir a velocidade, acionar o pisca-alerta, trafegando de modo a evitar as poças de água.

17. O condutor de um veículo precisou passar sobre um ponto de alagamento. Em seguida, percebeu que o freio começou a apresentar falhas. Nessa situação, ele deve:

A) engrenar a primeira marcha para manter o motor acelerado.
B) manter a velocidade, pois os freios vão secar mais adiante.
C) parar, bombear o pedal do freio várias vezes e seguir para seu destino.
D) reduzir a velocidade, testar o freio e, se necessário, sinalizar para parar e procurar socorro.
E) manter-se tranqüilo, reduzindo a velocidade até chegar ao seu destino.

18. Um condutor dirige em uma via de sentido único de circulação com fluxo intenso, quando percebe que o semáforo mudou para a cor amarela e o condutor de trás está muito perto do seu pára-choque. Nessa situação, o condutor deve:

A) sinalizar com o braço para que o condutor de trás pare a tempo, frear com intermitência para piscar as luzes e tentar parar antes da linha de retenção.
B) ficar atento apenas à sua ação de parar.
C) frear, mudando de faixa e permitindo que o outro veículo passe.
D) frear bruscamente, parando antes da faixa de segurança.
E) continuar com segurança, acelerando para avançar o semáforo.

19. Verificar se o espaço é suficiente, sinalizar com antecedência e retornar à faixa anterior, são procedimentos para executar uma

A) ultrapassagem segura.
B) manobra de conversão.
C) mudança de faixa de trânsito.
D) manobra de estacionamento.
E) entrada em via preferencial.

20. “Dirigir de modo a evitar acidentes, apesar dos erros dos outros motoristas e das condições adversas do trânsito e do tempo, preservando a vida humana e o meio ambiente.”O texto refere-se ao conceito de:

A) Mecânica preventiva.
B) Direção Defensiva.
C) Dispositivo de Segurança.
D) Policiamento Ostensivo de Trânsito.
E) Operação de Trânsito.

21. Nas grandes cidades verifica-se que, nos meses mais frios do ano, acumulam-se mais poluentes no ar porque sua dispersão é:

A) Facilitada pela inversão térmica.
B) Dificultada pelo efeito estufa.
C) Dificultada pela inversão térmica
D) Facilitada pelo efeito estufa
E) facilitada pela chuva ácida

22. No Brasil, há que se considerar que o cidadão pode exercer diferentes papéis no contexto social: ora atua como pedestre, ora como motorista ou motociclista. Para o Código de Trânsito Brasileiro, o cidadão é:

A) alvo de permanentes pesquisas.
B) prioridade no que se refere à defesa da vida.
C) prioridade no que se refere à defesa da vida.
D) um sujeito detentor de livre arbítrio.
E) é o único responsável pelos problemas de trânsito.

23. Atirar, nas vias públicas, objetos ou substâncias de dentro do veículo é passível de multa e constitui uma infração:

A) grave, geralmente, praticada por condutores de nível de escolaridade alta.
B) média, que pode ser considerada irresponsável sob o ponto de vista ambiental.
C) leve, cotidianamente, praticada pelos que criticam os ecologistas.
D) gravíssima, raramente praticada por condutores jovens
E) leve, que pode ser considerada danosa apenas para os pedestres

24. Atualmente, graças à intensa propaganda, para muitas pessoas, a aquisição de um veículo transformou-se em promessa de sucesso e felicidade. Um dos custos sociais desse consumismo desenfreado é:

A) a ampliação das sanções aos motoristas infratores.
B) a diminuição da durabilidade dos bens consumidos.
C) a criação de uma sociedade cada vez menos desigual.
D) o impacto provocado sobre o meio ambiente.
E) o aumento dos conflitos entre consumidores e cidadãos.

25. O nível do fluído de freio de um determinado veículo automotor tem que ser completado todos os dias antes da jornada de trabalho. Nesse caso, pode-se considerar que o consumo é:

A) normal, se o dia estiver muito quente.
B) anormal e o sistema está com vazamento.
C) normal, se o dia estiver muito frio.
D) anormal, se o veículo transportar muito peso.
E) normal, se o veículo for de tração nas quatro rodas.

26. O sistema de arrefecimento é um sistema pressurizado que permite:

A) maior temperatura de ebulição do líquido.
B) menor temperatura do motor.
C) favorecimento na troca de calor pelo radiador.
D) maior temperatura do motor.
E) aquecimento mais rápido do motor.

27. Uma vítima de acidente de trânsito apresenta fratura localizada na perna esquerda. Enquanto se aguarda o resgate, deve-se:

A) agasalhar a vítima, forrar a superfície onde ela está deitada e dar-lhe um comprimido de Voltaren.
B) estimular a circulação do local fraturado por meio de massagem local.
C) não movimentar a vítima.
D) imobilizar a perna por meio de tipóia.
E) fazer pressão firme diretamente no local da fratura, com um pano, gaze ou lenço.

28. Ocorreu um acidente às 13 horas em uma rodovia que apresenta pista seca e cuja velocidade máxima permitida é de 100 km/h. A distância para o início da sinalização deve ser de:

A) 40 passos curtos.
B) 50 passos curtos.
C) 100 passos longos.
D) 120 passos longos.
E) 140 passos longos.

29. Devido à tempestade, os cabos elétricos se romperam e estão sobre um carro com três passageiros. Nessa situação, o procedimento indicado é:

A) retirar, ao mesmo tempo, os cabos e os passageiros do carro.
B) solicitar ajuda de outros motoristas para a retirada dos passageiros, sem provocar a movimentação do carro.
C) retirar os cabos, enquanto se aguarda o resgate.
D) retirar os passageiros após afastar os cabos com um cano de ferro.
E) orientar os passageiros para que permaneçam no interior do carro aguardando o resgate adequado.

30. Ao atender um motociclista com alteração de consciência, após bater a cabeça no chão, deve-se:

A) mantê-lo com a temperatura do corpo abaixo do normal.
B) restringir os movimentos, mantendo as roupas apertadas.
C) evitar movimentá-lo e chamar socorro médico.
D) evitar conversar com ele, para não confundi-lo ainda mais.
E) forçá-lo a ingerir líquidos.

0 de 30