Imagem

1. Um condutor, ao visualizar as placas de sinalização educativa ilustradas abaixo, tem a obrigação de saber que elas:

A) devem ser obedecidas apenas na presença dos agentes de trânsito.
B) indicam comportamentos adequados que devem ser adotados apenas nas proximidades das placas.
C) indicam comportamentos adequados que devem ser adotados sempre.
D) apenas indicam comportamentos recomendados, que não necessariamente precisam ser adotados.
E) devem ser obedecidas apenas em situação de emergência.

Imagem

2. Considere a figura abaixo. A placa de sinalização regulamenta e informa ao motorista:

A) a velocidade máxima permitida.
B) a altura máxima permitida.
C) a largura máxima permitida.
D) o comprimento total permitido.
E) o peso total permitido por eixo.

Imagem

3. A placa (A-5a) significa:

A) curva à esquerda.
B) curva acentuada à esquerda.
C) curva em “S” à esquerda.
D) pista sinuosa à esquerda.
E) curva em “S” à esquerda.

Imagem

4. A placa (R-40) indica que:

A) é proibido o trânsito de bicicletas na área ou via sinalizada.
B) é proibido o trânsito de pedestres e ciclistas na área ou via sinalizada.
C) é proibido o trânsito de motocicletas, motonetas e ciclomotores na área ou via sinalizada.
D) é proibido o trânsito de carros de mão na área ou via sinalizada.
E) é proibida a brincadeira de crianças na via pública.

Imagem

5. A placa (A-21e) significa:

A) Estreitamento de pista ao centro.
B) Alargamento de pista à direita.
C) Estreitamento de pista à direita.
D) Alargamento de pista à esquerda.
E) Estreitamento de pista à esquerda.

Imagem

6. A placa (R-37) indica que:

A) é proibido o trânsito de carros de mão na área ou via sinalizada.
B) é proibido o trânsito de motocicletas, motonetas e ciclomotores na área ou via sinalizada.
C) é proibido, para as motocicletas, realizar a operação de ultrapassagem no trecho regulamentado.
D) é proibido o trânsito de tratores e máquinas de obras na área ou via sinalizada.
E) é proibido o trânsito de bicicletas na área ou via sinalizada.

7. Quanto à sua função, a sinalização vertical compõe-se dos seguintes tipos:

A) educativa, regulamentação e advertência.
B) regulamentação, indicação e orientação de destino.
C) regulamentação, advertência e indicação.
D) indicação, educativa e serviços auxiliares.
E) advertência, serviços auxiliares e indicação.

Imagem

8. A placa (R-35b) indica que:

A) os pedestres devem transitar pelo lado direito.
B) é proibido o trânsito de pedestres.
C) é proibida a circulação de ciclistas na via ou área sinalizada.
D) os ciclistas devem circular pelo lado direito e os pedestres pelo lado esquerdo.
E) os ciclistas devem transitar pelo lado direito.

Imagem

9. A placa (A-21b) significa:

A) Alargamento de pista è esquerda.
B) Estreitamento de pista ao centro.
C) Estreitamento de pista à direita.
D) Alargamento de pista à direita.
E) Estreitamento de pista à esquerda.

Imagem

10. A parada no meio de um cruzamento é proibida:

A) apenas se existir a placa educativa, conforme exemplo indicado na figura.
B) apenas se existir a pintura amarela, conforme exemplo indicado na figura.
C) apenas nos horários de pico.
D) apenas se existir pintura amarela combinada com placas educativas.
E) em qualquer situação.

Imagem

11. Em uma avenida da cidade onde reside, um condutor verifica a existência das placas conjugadas abaixo representadas.O condutor deve saber que:

A) caso exista fiscalização eletrônica, deverá haver também, obrigatoriamente, sinalização educativa.
B) os limites de velocidade variam de acordo com os dias e horários indicados nas placas, valendo para qualquer veículo.
C) adiante existe, certamente, fiscalização eletrônica.
D) a redução de velocidade nos dias úteis, conforme indica a placa, é válida apenas para caminhões e ônibus.
E) as velocidades indicadas nas placas são apenas recomendações para os condutores.

Imagem

12. A placa (A-21d) significa:

A) Alargamento de pista à esquerda.
B) Estreitamento de pista à esquerda.
C) Estreitamento de pista ao centro.
D) Estreitamento de pista à direita.
E) Alargamento de pista à direita.

13. É correto afirmar que o ciclista seguro e defensivo, quando adulto, deve:

A) respeitar o Código de Trânsito Brasileiro e, consequentemente, a sinalização das vias.
B) circular somente nos parques e praças.
C) circular somente em locais onde não haja tráfego de automóveis.
D) circular observando somente as regras impostas aos pedestres.
E) circular somente onde não haja fluxo de pedestres.

14. Para transpor uma passagem de nível com uma ferrovia, sem cancela, o condutor deve:

A) parar o veículo, olhar para ambos os lados e efetuar o cruzamento com segurança.
B) reduzir a velocidade e cruzar a via férrea.
C) buzinar e cruzar a via férrea.
D) acender os faróis do veículo e cruzar a via férrea.
E) efetuar a travessia bem devagar.

15. Durante o percurso de descida em serra, o condutor deve:

A) deixar o veículo em marcha reduzida.
B) deixar o veículo desengatado e utilizar o freio.
C) utilizar o freio aos poucos e continuamente.
D) deixar o veículo engatado e utilizar o freio sucessivamente.
E) utilizar o freio aos poucos com pequenas bombeadas no pedal.

16. O motorista do veículo A aproxima-se de uma curva acentuada à direita, conforme a figura. Poderá perder o controle do veículo, sair da faixa de rolamento e colidir com o veículo que trafega em sentido contrário, em função da ação da força centrífuga. Para evitar esse tipo de colisão, um motorista defensivo deverá:

A) aumentar a velocidade na curva e manter-se à esquerda.
B) frear o veículo no meio da curva e manter-se à esquerda.
C) manter-se à direita e diminuir a velocidade antes da curva.
D) manter-se à direita e aumentar a velocidade antes da curva.
E) diminuir a velocidade e manter-se à esquerda.

17. Certo condutor vai guiar pela primeira vez um veículo diferente do seu, bem mais moderno. Segundo os preceitos da Direção Defensiva, o procedimento correto a adotar é:

A) dirigir com atenção, uma vez que os carros modernos são equipados com comandos complicados.
B) portar a documentação do veículo, procurar conhecer todos os comandos do veículo antes deconduzi-lo, bem como fazer os devidos ajustes nos espelhos retrovisores e no banco do condutor.
C) informar-se com o proprietário sobre o seguro do automóvel e como acionar socorro, se necessário.
D) dirigir devagar e, em caso de dúvida, estacionar o veículo e solicitar auxílio ao agente de trânsito.
E) portar a documentação do veículo; portar o manual do veículo, caso necessite consultá-lo; e dirigir com habilidade.

18. Analise a figura.“Quem tem prioridade numa cidade: o automóvel ou o serhumano?”Analisando a figura e a questão acima é correto afirmar que qualquer condutor habilitado de veículos, mesmo não tendo conhecimentos profundos sobre Direção Defensiva,com base no bom senso, responderá que":

A) muitos condutores cometem infrações de trânsito que deveriam ser atribuídas somente aos pedestres.
B) a calçada e as ruas são vias de trânsito de veículos e qualquer pedestre é um risco à segurança no trânsito.
C) os pedestres, principalmente os idosos e os portadores de necessidades especiais, somente devem circular em horários de pouco fluxo de veículos.
D) qualquer ser humano é mais importante do que qualquer máquina.
E) os pedestres contribuem para a ocorrência de acidentes de trânsito ao cruzarem as vias fora das faixas de travessia sinalizadas.

19. O ônibus à sua frente parou no ponto e, então, você decide ultrapassá-lo. Nesse caso, o procedimento mais adequado é:

A) sinalizar e ultrapassá-lo rapidamente.
B) sinalizar, ultrapassar devagar, verificando se o coletivo não está sinalizando saída e observando se não há pedestres atravessando a rua à frente do coletivo.
C) buzinar, avisando a manobra de ultrapassagem.
D) ultrapassá-lo o mais rápido possível, antes que os passageiros desçam e efetuem a travessia.
E) parar atrás do ônibus, esperar que ele reinicie o movimento e, então, efetuar a ultrapassagem pela direita.

20. A forma correta de parar o carro em uma ladeira, com acentuado aclive, ou seja, no sentido da subida, a fim de aguardar a abertura do semáforo, é:

A) acionar os freios de serviço (pedal) inicialmente e, em seguida, o de estacionamento (mão), colocando o veículo simultaneamente em ponto morto.
B) manter o veículo com a embreagem patinando, para facilitar a saída e impedir que ele retorne.
C) acionar o freio de estacionamento (mão) e engatar a primeira marcha, mantendo a embreagem levemente solta para sair mais rápido.
D) acionar o freio de serviço (pedal) e, em seguida, engatar a 1a marcha.
E) segurar o freio somente com o freio de serviço (pedal).

21. Atualmente, graças à intensa propaganda, para muitas pessoas, a aquisição de um veículo transformou-se em promessa de sucesso e felicidade. Um dos custos sociais desse consumismo desenfreado é:

A) a ampliação das sanções aos motoristas infratores.
B) a diminuição da durabilidade dos bens consumidos.
C) a criação de uma sociedade cada vez menos desigual.
D) o impacto provocado sobre o meio ambiente.
E) o aumento dos conflitos entre consumidores e cidadãos.

22. Nas grandes cidades verifica-se que, nos meses mais frios do ano, acumulam-se mais poluentes no ar porque sua dispersão é:

A) Facilitada pela inversão térmica.
B) Dificultada pelo efeito estufa.
C) Dificultada pela inversão térmica
D) Facilitada pelo efeito estufa
E) facilitada pela chuva ácida

23. Atirar, nas vias públicas, objetos ou substâncias de dentro do veículo é passível de multa e constitui uma infração:

A) grave, geralmente, praticada por condutores de nível de escolaridade alta.
B) média, que pode ser considerada irresponsável sob o ponto de vista ambiental.
C) leve, cotidianamente, praticada pelos que criticam os ecologistas.
D) gravíssima, raramente praticada por condutores jovens
E) leve, que pode ser considerada danosa apenas para os pedestres

24. No Brasil, há que se considerar que o cidadão pode exercer diferentes papéis no contexto social: ora atua como pedestre, ora como motorista ou motociclista. Para o Código de Trânsito Brasileiro, o cidadão é:

A) alvo de permanentes pesquisas.
B) prioridade no que se refere à defesa da vida.
C) prioridade no que se refere à defesa da vida.
D) um sujeito detentor de livre arbítrio.
E) é o único responsável pelos problemas de trânsito.

25. Os pneus têm funções importantes e a correta manutenção deles é muito importante para a segurança e a dirigibilidade do veículo. Assim, todo condutor deve saber que a correta calibragem dos pneus está relacionada com:

A) a garantia de eficiência em caso de freadas bruscas, ao corrigir dimensões irregulares na carcaça.
B) o bloqueio das rodas, evitando colisões, em caso de freadas em pista molhada.
C) o balanceamento das rodas, a fim de evitar colisões em caso de freadas bruscas.
D) a estabilidade do veículo, com o consumo de combustível e com a aderência ao piso.
E) a verificação de dimensões irregulares nos sulcos dos pneus.

26. Ao estacionar um veículo equipado com transmissão automática, recomenda-se seguir a seguinte seqüência de procedimentos:

A) colocar a alavanca em “P”, desligar o motor e acionar o freio de estacionamento.
B) desligar o motor, e, sem acionar o freio de estacionamento, colocar a alavanca em “P”.
C) colocar a alavanca em “P”, acionar o freio de estacionamento e desligar o motor.
D) acionar o freio de estacionamento, colocar a alavanca em “P” e desligar o motor.
E) desligar o motor, colocar a alavanca em “P” e acionar o freio de estacionamento.

27. Uma vítima de acidente de trânsito apresenta fratura localizada na perna esquerda. Enquanto se aguarda o resgate, deve-se:

A) agasalhar a vítima, forrar a superfície onde ela está deitada e dar-lhe um comprimido de Voltaren.
B) estimular a circulação do local fraturado por meio de massagem local.
C) não movimentar a vítima.
D) imobilizar a perna por meio de tipóia.
E) fazer pressão firme diretamente no local da fratura, com um pano, gaze ou lenço.

28. Um acidentado apresenta deformidades e pequeno sangramento em uma das pernas. Ele sai andando, com dificuldade, do local do acidente. Nesse caso, recomenda-se:

A) orientá-lo a aguardar o socorro chegar para melhor avaliação.
B) fazer tração no membro lesado.
C) cobrir o ferimento com curativo compressivo, após aplicação de pomada antibiótica.
D) alinhar os ossos e colocar uma tala.
E) cobrir o ferimento e imobilizar a perna lesada, fazendo a tração.

29. Uma pessoa estava trafegando por uma via quando viu um acidente de trânsito. Parou seu veículo em local seguro e foi colaborar no socorro às vítimas. Soube que uma das vítimas não estava usando o cinto de segurança, foi arremessada para fora do veículo, bateu a cabeça e as costas e desmaiou. A ajuda neste tipo de caso é importante, mas, se a vítima for movimentada poderá ocorrer:

A) hérnia de disco.
B) bico de papagaio.
C) infecção óssea.
D) agravamento da lesão da coluna vertebral.
E) luxação dos músculos das costas.

30. Uma das regras fundamentais para fazer a sinalização do acidente é:

A) iniciar a sinalização após o acidente ser visível.
B) sinalizar o local até a uma distância de 3 metros do acidente.
C) selecionar pessoas vestidas com roupas de cor branca para fazer a sinalização.
D) não sinalizar com materiais encontrados nas imediações tais como os galhos de árvores e latas.
E) não permitir que curiosos parem na via destinada ao tráfego.

0 de 30