Imagem

1. Esta placa indica:

A) a obrigação dos veículos de carga passarem pela balança.
B) a obrigação dos veículos de carga pararem para conferência de documentação.
C) a proibição de circulação de veículos de carga, que deverão sair da estrada.
D) a obrigação de ônibus, caminhões e veículos de grande porte circularem pela faixa à direita.
E) a proibição de ônibus e caminhões de circularem na faixa da esquerda.

Imagem

2. A placa (R-5b) indica que é proibido:

A) realizar conversão à direita.
B) entrar no estacionamento.
C) retornar à esquerda.
D) seguir em frente ou entrar na rua ou área restringida.
E) retornar à direita.

Imagem

3. A placa (A-21e) significa:

A) Estreitamento de pista ao centro.
B) Alargamento de pista à direita.
C) Estreitamento de pista à direita.
D) Alargamento de pista à esquerda.
E) Estreitamento de pista à esquerda.

4. Circulando por uma via em um bairro residencial um condutor com CNH categoria E chega a um cruzamento sinalizado com uma placa “Parada Obrigatória”. O condutor deve saber que essa placa representa uma sinalização:

A) de indicação.
B) de advertência.
C) educativa.
D) de orientação.
E) de regulamentação.

Imagem

5. Pela seqüência, identifique as sinalizações abaixo.

A) Dê a preferência, parada obrigatória à frente e parada obrigatória.
B) Parada obrigatória à frente, dê a preferência e parada obrigatória.
C) Parada obrigatória à frente, parada obrigatória e dê a preferência.
D) Dê a preferência, parada obrigatória e parada obrigatória à frente.
E) Parada obrigatória, parada obrigatória à frente e dê a preferência.

Imagem

6. A placa (R-8b) indica que é:

A) proibido mudar de faixa ou pista de trânsito da direita para esquerda.
B) proibido virar à esquerda.
C) proibido retornar à esquerda.
D) proibido ultrapassar da direita para esquerda.
E) proibida a circulação de bicicletas na área ou via sinalizada.

Imagem

7. A placa (A-3a) significa:

A) curva acentuada à esquerda.
B) pista sinuosa à esquerda.
C) curva à esquerda.
D) curva em “S” à esquerda.
E) pista sinuosa à direita.

Imagem

8. Um condutor, ao visualizar as placas de sinalização educativa ilustradas abaixo, tem a obrigação de saber que elas:

A) devem ser obedecidas apenas na presença dos agentes de trânsito.
B) indicam comportamentos adequados que devem ser adotados apenas nas proximidades das placas.
C) indicam comportamentos adequados que devem ser adotados sempre.
D) apenas indicam comportamentos recomendados, que não necessariamente precisam ser adotados.
E) devem ser obedecidas apenas em situação de emergência.

Imagem

9. A placa (R-37) indica que:

A) é proibido o trânsito de carros de mão na área ou via sinalizada.
B) é proibido o trânsito de motocicletas, motonetas e ciclomotores na área ou via sinalizada.
C) é proibido, para as motocicletas, realizar a operação de ultrapassagem no trecho regulamentado.
D) é proibido o trânsito de tratores e máquinas de obras na área ou via sinalizada.
E) é proibido o trânsito de bicicletas na área ou via sinalizada.

Imagem

10. Segundo suas funções, as placas abaixo, pela ordem, são classificadas nos seguintes tipos:

A) indicação, atenção e siga.
B) advertência, regulamentação e indicação.
C) regulamentação, advertência e indicação.
D) proibição, autorização e atrativos turísticos.
E) advertência, indicação e serviço auxiliar.

Imagem

11. A placa (R-39) indica que:

A) os caminhões e ônibus devem parar para controle alfandegário.
B) é permitida a circulação apenas de ônibus ou caminhão na área ou via sinalizada.
C) é permitida a circulação apenas de caminhão na área ou via sinalizada.
D) é proibido o trânsito de caminhões.
E) é permitida a circulação apenas de ônibus na área ou via sinalizada.

Imagem

12. Um condutor, ao estacionar o seu veículo, às 22 horas, por um período de permanência de aproximadamente duas horas, em uma via sinalizada com a placa representada abaixo,

A) estará cometendo uma infração, mesmo que preencha o cartão.
B) estará em situação regular.
C) deverá acionar as luzes de emergência (pisca-alerta).
D) deverá limitar o período de estacionamento em, no máximo, uma hora.
E) deverá preencher o cartão.

13. Todo condutor habilitado deve praticar a Direção Defensiva constantemente. O motorista defensivo deve saber que condições adversas são:

A) as particularidades de cada veículo, seus equipamentos e acessórios.
B) as reciclagens que todo condutor deve fazer periodicamente para aumentar sua habilidade ao dirigir.
C) os itens do veículo que interferem diretamente na segurança, como os freios, a direção e a suspensão.
D) os fatores ou combinações de fatores que contribuem para aumentar as situações de risco no trânsito, comprometendo a segurança.
E) os procedimentos de segurança que o motorista defensivo deve adotar para contribuir com o fluxo de veículos em uma via.

14. Vera é mãe de duas crianças em idade escolar, com 5 e 9 anos de idade. Certo dia, apanhou seus filhos na escola e, no caminho para casa, enfrentou tráfego “pesado”. As crianças brincavam soltas no banco traseiro e gritavam sem parar. Em certo momento, o veículo em movimento, à velocidade de 40 km/h, Vera voltou-se para as crianças, afim de repreendê-las. É possível concluir que Vera agiu:

A) corretamente, pois as crianças devem ser transportadas no banco traseiro e em silêncio, conforme preconizado no CTB.
B) corretamente ao voltar-se para trás a fim de repreender as crianças durante o trajeto, pois tinha que se concentrar no trânsito, conforme preceitos da Direção Defensiva.
C) incorretamente, pois deveria ter repreendido as crianças somente ao chegar em casa, conforme regra do CTB.
D) corretamente, de acordo com o CTB.
E) incorretamente, pois o fato de ter-se voltado para trás pôs em risco a atenção da condutora ao volante, e, consequentemente, a segurança, além de ter esquecido de fixar o cinto de segurança nas crianças.

15. Ao dirigir em uma rodovia, o condutor entra em um trecho com neblina muito intensa, praticamente impedindo a visão. Nessa situação ele deve:

A) prosseguir a viagem com velocidade reduzida, acionando os faróis altos.
B) manter velocidade alta, pois algum veículo pode bater na traseira do seu veículo, e acionar o piscaalerta.
C) parar no acostamento, ligando as luzes de posição do veículo.
D) procurar um local seguro, fora da pista, para parar o veículo e aguardar a melhoria da visibilidade.
E) prosseguir a viagem com velocidade reduzida, acionando as luzes do pisca-alerta.

16. Anselmo tem muito cuidado com seu veículo. Mora em uma rua de duplo sentido de direção, quase na esquina com um cruzamento, rua esta em que há grande fluxo de pedestres, ciclistas, motociclistas e veículos. O espaço de sua garagem é muito “apertado”. Assim, durante o dia, Anselmo tem o hábito de deixar o veículo estacionado em frente à sua casa, bem “colado” ao portão de sua casa, com os dois pneus direitos sobre a calçada, a fim de evitar colisões em seu veículo. Conforme o CTB e os preceitos da Direção Defensiva, Anselmo está:

A) correto, pois manter o veículo sobre a calçada facilita o fluxo de veículos na via.
B) incorreto, pois mesmo parcialmente sobre a calçada, o veículo compromete a fluidez do trânsito.
C) correto, pois evita colisões com veículos cujos condutores trafeguem em alta velocidade.
D) correto, pois cumpre e faz cumprir a legislação de trânsito, tendo em vista que todo condutor tem permissão legal para estacionar sobre a calçada em frente à sua própria casa.
E) incorreto, pois desrespeita a lei e põe em risco a segurança dos pedestres, que terão que circular pela pista de veículos.

17. O condutor de um veículo precisou passar sobre um ponto de alagamento. Em seguida, percebeu que o freio começou a apresentar falhas. Nessa situação, ele deve:

A) engrenar a primeira marcha para manter o motor acelerado.
B) manter a velocidade, pois os freios vão secar mais adiante.
C) parar, bombear o pedal do freio várias vezes e seguir para seu destino.
D) reduzir a velocidade, testar o freio e, se necessário, sinalizar para parar e procurar socorro.
E) manter-se tranqüilo, reduzindo a velocidade até chegar ao seu destino.

18. O motorista do veículo A aproxima-se de uma curva acentuada à direita, conforme a figura. Poderá perder o controle do veículo, sair da faixa de rolamento e colidir com o veículo que trafega em sentido contrário, em função da ação da força centrífuga. Para evitar esse tipo de colisão, um motorista defensivo deverá:

A) aumentar a velocidade na curva e manter-se à esquerda.
B) frear o veículo no meio da curva e manter-se à esquerda.
C) manter-se à direita e diminuir a velocidade antes da curva.
D) manter-se à direita e aumentar a velocidade antes da curva.
E) diminuir a velocidade e manter-se à esquerda.

19. Sandoval, motorista defensivo, está trafegando à noite por uma pista de sentido duplo de direção, sob uma forte chuva. Na pista há acúmulo de água no asfalto, formando grandes poças d’água. Nessas condições adversas, dirigir um veículo requer muito cuidado e perícia. Neste caso, para evitar o efeito da aquaplanagem, Sandoval deverá:

A) aumentar a velocidade do veículo e manter-se à esquerda da via.
B) diminuir a velocidade do veículo e manter-se à direita da via.
C) aumentar a velocidade e trafegar sobre a faixa divisória da pista.
D) aumentar a velocidade e pisar no freio de vez em quando, mantendo-se à esquerda da via.
E) diminuir a velocidade, acionar o pisca-alerta, trafegando de modo a evitar as poças de água.

20. Verificar se o espaço é suficiente, sinalizar com antecedência e retornar à faixa anterior, são procedimentos para executar uma

A) ultrapassagem segura.
B) manobra de conversão.
C) mudança de faixa de trânsito.
D) manobra de estacionamento.
E) entrada em via preferencial.

21. Atualmente, graças à intensa propaganda, para muitas pessoas, a aquisição de um veículo transformou-se em promessa de sucesso e felicidade. Um dos custos sociais desse consumismo desenfreado é:

A) a ampliação das sanções aos motoristas infratores.
B) a diminuição da durabilidade dos bens consumidos.
C) a criação de uma sociedade cada vez menos desigual.
D) o impacto provocado sobre o meio ambiente.
E) o aumento dos conflitos entre consumidores e cidadãos.

22. Atirar, nas vias públicas, objetos ou substâncias de dentro do veículo é passível de multa e constitui uma infração:

A) grave, geralmente, praticada por condutores de nível de escolaridade alta.
B) média, que pode ser considerada irresponsável sob o ponto de vista ambiental.
C) leve, cotidianamente, praticada pelos que criticam os ecologistas.
D) gravíssima, raramente praticada por condutores jovens
E) leve, que pode ser considerada danosa apenas para os pedestres

23. Nas grandes cidades verifica-se que, nos meses mais frios do ano, acumulam-se mais poluentes no ar porque sua dispersão é:

A) Facilitada pela inversão térmica.
B) Dificultada pelo efeito estufa.
C) Dificultada pela inversão térmica
D) Facilitada pelo efeito estufa
E) facilitada pela chuva ácida

24. No Brasil, há que se considerar que o cidadão pode exercer diferentes papéis no contexto social: ora atua como pedestre, ora como motorista ou motociclista. Para o Código de Trânsito Brasileiro, o cidadão é:

A) alvo de permanentes pesquisas.
B) prioridade no que se refere à defesa da vida.
C) prioridade no que se refere à defesa da vida.
D) um sujeito detentor de livre arbítrio.
E) é o único responsável pelos problemas de trânsito.

25. Ao tentar partir com o veículo, após uma parada em um cruzamento de grande movimento, o motor morre e, ao acionar a partida, o motor gira lentamente, indicando que a bateria está semi descarregada. Para dar a partida,utilizando uma bateria auxiliar, deve-se ligar:

A) as baterias em série.
B) as baterias em paralelo.
C) as baterias em “X”.
D) um negativo com um positivo e o outro positivo com a carroceria de outro automóvel.
E) um positivo com um negativo e o outro negativo com a carroceria de outro automóvel.

26. Quando a luz da injeção eletrônica acende no painel, mas o motor continua funcionando, o condutor do veículo deve:

A) parar imediatamente o veículo e desligar o motor, pois isso poderá causar sérios danos.
B) verificar se não há algum fio solto no compartimento do motor.
C) buscar auxílio o mais rápido possível em uma oficina especializada.
D) parar em um posto de gasolina e solicitar que o frentista pulverize água destilada no motor.
E) parar imediatamente o veículo e desligar o motor, aguardar que ele esfrie e dar a partida novamente.

27. Uma das regras fundamentais para fazer a sinalização do acidente é:

A) iniciar a sinalização após o acidente ser visível.
B) sinalizar o local até a uma distância de 3 metros do acidente.
C) selecionar pessoas vestidas com roupas de cor branca para fazer a sinalização.
D) não sinalizar com materiais encontrados nas imediações tais como os galhos de árvores e latas.
E) não permitir que curiosos parem na via destinada ao tráfego.

28. Ao atender um motociclista com alteração de consciência, após bater a cabeça no chão, deve-se:

A) mantê-lo com a temperatura do corpo abaixo do normal.
B) restringir os movimentos, mantendo as roupas apertadas.
C) evitar movimentá-lo e chamar socorro médico.
D) evitar conversar com ele, para não confundi-lo ainda mais.
E) forçá-lo a ingerir líquidos.

29. Ao atender as vítimas de uma colisão entre dois carros, a pessoa que socorre deverá soltar o cinto de segurança, sem movimentar o corpo delas, APENAS quando:

A) as vítimas queixam-se de dor no corpo todo.
B) o cinto de segurança está dificultando a respiração.
C) o cinto de segurança dificulta a movimentação.
D) as vítimas queixam-se de formigamento nos braços e pernas.
E) as vítimas estão sonolentas.

30. Em uma rua há um carro em chamas após colisão frontal com outro veículo. Nesse caso, recomenda-se

A) usar o extintor dirigindo o jato para o meio do fogo.
B) usar o extintor com movimentos em forma de “X”.
C) posicionar o extintor na posição horizontal, antes de acionar o gatilho.
D) jogar o conteúdo do extintor aos poucos.
E) empregar, se possível, vários extintores ao mesmo tempo.

0 de 30